Nota de 200 kwanzas entra em circulação hoje

Nota de 200 kwanzas entra em circulação
POR: Huango Rafael

O Banco Nacional de Angola (BNA) assegura ter colocado à disposição dos bancos comerciais e delegações regionais quantidades suficientes para que as transacções monetárias passem, doravante, a contar com esta nota.
De acordo com o director do departamento do Meio Circulante do Banco Nacional de Angola, Sebastião Banganga, as novas notas resistem mais aos rasgos e à sujidade, o que reduz os níveis de desgaste. Também resistem mais à água, característica que coloca ao dispor dos utilizadores notas mais duráveis e com padrões de segurança facilmente identificáveis, eliminando quaisquer possibilidades de falsificação.
Banganga garante que a população poderá ter o acesso às notas junto dos bancos comerciais e mesmo nas Caixas Automáticos, vulgo multicaixas. Todavia, embora tenha sido feita a parametrização para que as notas sejam dispensadas nos multicaixas, tratando-se de valores menores é bem possível que ainda não sejam estes os meios de pagamento utilizados nos próximos dias.
“Já fizemos o trabalho de distribuição pelas delegações regionais e centros de custódia.

Ao menos, em todas as capitais de província, a partir de hoje, a nota de 200 kwanzas da série 2020 está disponível”, garantiu.
A 17 de Setembro próximo, entretanto, entram em circulação as notas de 500 kwanzas.
Além destas, entram em crculação, em Outubro, as notas de mil kwanzas, e em Novembro as de dois mil kwanzas.
Enquanto isso, as notas de cinco mil kwanzas, feitas ainda com o material actual - em algodão, também conhecido como papel, estará disponível em Janeiro de 2021.
Entretanto, o governador do banco central, José de Lima Massano, havia explicado, no início deste processo, que em média são retirados de circulação e destruídos cerca de 300 milhões de notas, anualmente, cujos custos rondam os 15 mil milhões de kwanzas, cerca de 30 milhões de dólares em cada exercício económico.
FONTE: Tpa 1


 https://huanguinho-news.com

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.